Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BC do Japão não mexe em juro após citar inflação alta

SÃO PAULO - O Banco do Japão (BOJ) manteve inalterada a taxa de juro do país em 0,5% pelo 20º mês consecutivo. A decisão foi tomada nesta terça-feira de maneira unânime tendo em vista uma economia decepcionante e inflação alta, segundo a autoridade monetária japonesa.

Valor Online |

Muitos economistas não esperavam uma alteração no custo do dinheiro, que não sofre mudanças desde fevereiro de 2007.

"Com relação aos fatores de risco, as tensões nos mercados financeiros se intensificaram à luz de colapsos e resgates de instituições financeiras dos Estados Unidos e da Europa", comentou o BOJ em nota, que acrescentou que existem riscos contra o crescimento econômico mundial.

No mesmo dia em que a autoridade monetária japonesa definiu a conservação da taxa de juro em 0,5%, o banco central da Austrália resolveu cortar em 1 ponto percentual o custo do dinheiro da região, de 7% para 6%. A iniciativa surpreendeu muitos participantes no mercado financeiro, que previam um corte de 0,5 ponto.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG