Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Itália registra em junho inflação mais alta desde 1996

Roma, 15 jul (EFE).- A Itália registrou em junho uma inflação anualizada de 3,8%, uma alta de 0,4% em relação ao mês passado, informou hoje o Instituto Italiano de Estatísticas (Istat).

EFE |

O aumento dos custos com energia e o enfraquecimento das exportações tem afetado a segunda maior economia do mundo.

Mas embora o país esteja enfrentando uma combinação de desaceleração do crescimento e aumento da inflação, a economia japonesa não vive um período de estaginflação, afirmou o presidente do BC japonês, Masaaki Shirakawa, após a reunião em que foi decidida a manutenção da taxa de juro.

Com a taxa básica em apenas 0,5 por cento, investidores esperam que o próximo movimento do BC seja um aumento do juro.

Mas o Banco do Japão está mais preocupado com crescimento do que inflação e os mercados preficicam apenas 16 por cento de chances de um aumento do juro este ano.

O Banco do Japão reduziu sua estimativa de crescimento econômico do país para o ano fiscal para 1,2 por cento, ante 1,5 por cento projetado no relatório semestral de perspectivas divulgado em abril. No novo relatório, o BC japonês assume que os preços das commodities vão continuar relativamente elevados.

O BC agora vê 1,5 por cento de crescimento no ano fiscal de 2009/20010, comparado à estimativa anterior de uma expansão de 1,7 por cento.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG