Tamanho do texto

A dívida líquida do setor público fechou 2008 em R$ 1,069 trilhão, equivalente a 36% do Produto Interno Bruto (PIB), segundo dados divulgados hoje pelo Banco Central. Em novembro a dívida correspondia a 35% do PIB.

Em dezembro de 2007, a relação estava em 42% do PIB.

A dívida de 36% do PIB é a menor na comparação anual desde 1997. A queda no ano deveu-se à combinação da desvalorização cambial de 32% com superávit primário mais elevado. A dívida bruta do governo geral - que abrange os governos federal, estaduais e municipais e exclui Banco Central e empresas estatais - fechou 2008 em R$ 1,741 trilhão, equivalente a 58,6% do PIB. Em novembro, a dívida bruta era de 56,4% do PIB mesmo índice de dezembro de 2007.