Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Northwest reduz novamente sobretaxa de combustíveis de carga

SÃO PAULO - A Northwest Airlines anunciou que irá reduzir ainda mais sua sobretaxa de combustíveis cobrada nas operações de transporte de cargas. Essa é a quinta redução anunciada pela empresa, seguindo a baixa da cotação do petróleo no mercado internacional.

Valor Online |

A idéia é iniciar um processo de liberação integral do compulsório sobre depósitos a prazo e também acabar com a exigibilidade adicional criada em 2002 tanto sobre depósitos a prazo, como nos depósitos à vista. Vale lembrar que esse processo será feito conforme "a necessidade de liquidez dos mercados".

Na regra de incentivo a cessão de carteiras, anunciada no dia 2 de outubro, houve três mudanças, segundo o BC. Subiu de 40% para 70% o percentual de abatimento sobre o compulsório do depósito a prazo total caso os bancos grandes comprem carteiras de créditos de instituições menores. O benefício valerá quando o banco vendedor tiver Patrimônio de Referência de até R$ 7 bilhões, ante R$ 2,5 bilhões da medida anterior.

Está previsto também que os bancos menores poderão vender não apenas carteira de crédito, mas operações de arrendamento mercantil, títulos de dívida privada de empresas não-financeiras que estejam em fundos de investimento, recebíveis de FIDCs e cotas de FIDCs organizados pelo Fungo Garantidor de Crédito (FGC). Como condição para o enquadramento na medida, essas operações deverão ter como data limite de originação o dia 30 de setembro. O Banco Central calcula que esta mudança tem o potencial de liberar R$ 6 bilhões a partir do dia 17 de outubro.

Em duas medidas para beneficiar principalmente os bancos pequenos, aumentou para R$ 1 bilhão o limite de isenção sobre o recolhimento adicional de compulsório sobre depósitos a prazo, que tem alíquota de 5% desde a semana passada. O limite anterior, que já tinha sido elevado em 25 de setembro, era de R$ 300 milhões. Com essa medida, mais R$ 8 bilhões devem ficar disponíveis na carteira dos bancos a partir de hoje.

O BC aumentou também a isenção sobre o recolhimento compulsório tradicional a prazo, que tem alíquota de 15%. Neste caso, subiu de R$ 700 milhões para R$ 2 bilhões o limite de isenção. Com esta mudança, mais R$ 13,1 bilhões entrarão na economia a partir de sexta-feira.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG