Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BC: déficit em conta corrente soma US$ 1 bi em novembro

A conta corrente do balanço de pagamentos brasileiro registrou, em novembro, déficit de US$ 1,03 bilhão. No acumulado de janeiro a novembro, a conta corrente tem déficit de US$ 25,801 bilhões (1,77% do Produto Interno Bruto).

Agência Estado |

No acumulado nos últimos 12 meses encerrados em novembro, o déficit em conta corrente é de US$ 26,27 bilhões (1,67% do PIB).

O Investimento Estrangeiro Direto (IED) no País somou em novembro US$ 2,179 bilhões. No acumulado de janeiro a novembro, o IED soma US$ 36,926 bilhões (2,53% do PIB). Em 12 meses, o fluxo de capital estrangeiro voltado para a produção somou US$ 37,812 bilhões (2,41% do PIB).

Remessa de lucros

As remessas de lucros e dividendos em novembro somaram US$ 1,416 bilhão de acordo com os dados divulgados hoje pelo Banco Central. Em novembro do ano passado, as remessas somaram US$ 2,131 bilhões, e em outubro de 2008, totalizaram US$ 1,813 bilhão. No acumulado de janeiro a novembro, as remessas somam US$ 30,729 bilhões, ante US$ 19,315 bilhões, em igual período do ano passado.

As despesas com juros, em novembro, somaram US$ 459 milhões, ante US$ 341 milhões, em novembro de 2007 e US$ 515 milhões, em outubro de 2008. De janeiro a novembro, o gasto do País com juros foi de US$ 6,465 bilhões, ante US$ 6,958 bilhões, em igual período de 2007.

Investimentos em ações

Os investimentos estrangeiros em ações, em novembro, registraram saída líquida de US$ 1,757 bilhão. Em outubro, essa conta já havia registrado uma forte saída de US$ 6,065 bilhões, refletindo a crise financeira internacional. Em novembro do ano passado, os investimentos de ações tiveram saída de US$ 390 milhões. No acumulado de janeiro a novembro, as aplicações de estrangeiros em ações registram saldo negativo de US$ 6,654 bilhões, ante saldo positivo de US$ 18,704 bilhões, em igual período de 2007.

Considerando apenas as ações negociadas no País, a saída em novembro foi de US$ 1,762 bilhão, e, no ano, o saldo negativo é de US$ 9,947 bilhões. As aplicações em títulos de renda fixa, em novembro, registraram saída de US$ 2,725 bilhões. Em outubro, essas aplicações registraram saída de US$ 1,810 bilhão. Em novembro de 2007, as aplicações em renda fixa tiveram saldo negativo de US$ 620 milhões. De janeiro a novembro, no entanto, os investimentos em renda fixa acumula ingressos líquidos de US$ 11,264 bilhões, ante US$ 22,231 bilhões, em igual período de 2007.

Dívida externa

A dívida externa total caiu para US$ 206,616 bilhões em novembro, conforme levantamento apresentado hoje pelo Banco Central. O número é menor que o registrado em setembro, quando a dívida total somava US$ 211,381 bilhões.

Os números apresentados pelo BC mostram que, em novembro, a dívida de médio e longo prazo somava US$ 161,683 bilhões e a de curto prazo totalizava US$ 44,933 bilhões. Em setembro, a dívida de médio e longo prazo era de US$ 163,874 bilhões e a de curto prazo, US$ 47,507 bilhões.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG