SÃO PAULO - O banco central da Islândia decidiu ampliar em 6 pontos percentuais a taxa de juro do país, que foi de 12% para 18%. Alguns analistas avaliaram que a medida deve ter relação com demandas do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Na semana passada, a Islândia acertou com o Fundo um empréstimo de US$ 2 bilhões para ajudar a reviver a moeda do país e restaurar o setor financeiro após o colapso do setor bancário no início de outubro. Um aumento na taxa de juro deve tornar mais atraente a moeda doméstica.

Além dos US$ 2 bilhões do FMI, a Islândia busca mais US$ 4 bilhões com seus vizinhos nórdicos e bancos centrais.

Com a iniciativa anunciada hoje, a autoridade monetária da Islândia reverteu a decisão tomada em meados deste mês, quando cortou a taxa em 3,5 pontos, para 12%.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.