O Banco Central indiano cortou a taxa básica de juros da economia do país (taxa de concessão de empréstimos, ou taxa de recompra) pela terceira vez desde outubro, em 1 ponto porcentual, para 6,5%. A taxa de tomada de empréstimos pelo BC, ou taxa de recompra reversa, foi também reduzida, pela primeira vez em mais de cinco anos, em 1 ponto porcentual, para 5%.

O compulsório bancário foi mantido em 5,5% e o índice de liquidez estatutária em 24%.

"A redução da taxa de recompra e da taxa de recompra reversa deve resultar na diminuição do custo marginal do financiamento para os bancos e capacitá-los a melhorar o fluxo de crédito para os setores produtivos da economia em termos viáveis", disse o presidente do BC, Duvvuri Subbarao, em entrevista coletiva.

O governo, que deverá anunciar um pacote de estímulo fiscal em breve, apoiou a decisão do BC. O secretário do departamento de assuntos econômicos do ministério de Finanças indiano, Ashok Chawla, disse que a medida "deve dar um claro sinal para que os bancos reduzam suas taxas". As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.