SÃO PAULO - O banco central da China reduziu a taxa de empréstimo e a taxa de depósito em 1,08 ponto percentual como forma de estimular a economia. As mudanças valerão a partir de quinta-feira.

Com isso, a taxa de empréstimo de um ano passará de 6,66% para 5,58% e a de depósito ficará em 2,52% perante os 3,60% anteriores.

A autoridade monetária também diminuiu a alíquota do compulsório bancário. Assim, a taxa para os grandes bancos cairá 1 ponto percentual e as dos bancos menores recuará em 2 pontos percentuais, para, respectivamente, 16% e 14%. A iniciativa vale a partir de 5 de dezembro.

Em nota, o BC chinês ressaltou que as iniciativas visam a "revelar o papel da política monetária no apoio do crescimento econômico".

As informações são do jornal China Daily e agências internacionais.

Leia também

Para saber mais

Serviço 

Opinião

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.