SÃO PAULO - O banco central da Austrália resolveu reduzir a taxa de juro em 0,75 ponto percentual, corte esse maior do que o esperado por analistas. Com isso, o custo do dinheiro ficou em 5,25%.

Em nota, o presidente da autoridade monetária australiana, Glenn Stevens, citou a evidência crescente de que o crescimento econômico da China começou a amainar, em linha com o desaquecimento visto nos Estados Unidos e Europa.

Desde setembro, o BC da Austrália cortou a taxa de juro em 2 pontos. A decisão divulgada hoje veio dias depois da redução no juro pelo Banco do Japão e pelo Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA). Muitos agentes esperam que o custo do dinheiro seja diminuído pelo Banco Central Europeu (BCE) e pelo Banco da Inglaterra ainda esta semana.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.