Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BC: contas externas tem déficit de US$ 2,7 bi em setembro

A conta corrente do balanço de pagamentos brasileiro registrou em setembro déficit de US$ 2,769 bilhões. O resultado do mês passado foi determinado pelo déficit de US$ 5,846 bilhões da conta de serviços e rendas, que não foi coberto integralmente pelo superávit de US$ 2,754 bilhões da balança comercial e pelo resultado positivo das transferências unilaterais correntes de US$ 323 milhões.

Agência Estado |

No acumulado do ano, a conta corrente tem saldo negativo de US$ 23,264 bilhões (1,95% do PIB). Nesse período, a balança comercial contribuiu com um superávit de US$ 19,638 bilhões, a conta de serviços com déficit de US$ 45,742 bilhões e transferências unilaterais com superávit de US$ 2,840 bilhões.

Em setembro de 2007, as transações correntes tiveram superávit de US$ 572 milhões e, entre janeiro e setembro, um resultado positivo de US$ 3,617 bilhões. No acumulado em 12 meses, o saldo em conta corrente é negativo em US$ 25,168 bilhões, o equivalente a 1,64% do PIB. Até agosto, o saldo em 12 meses era negativo em US$ 21,828 bilhões, o equivalente a 1,45% do PIB.

Investimento estrangeiro

O Investimento Direto Estrangeiro (IED) somou em setembro US$ 6,258 bilhões. O valor é bastante superior ao registrado em igual mês do ano passado, quando o ingresso desse tipo de investimento somou US$ 1,537 bilhão.

No acumulado de janeiro a setembro, o IED soma US$ 30,834 bilhões, contra US$ 27,982 bilhões de igual período do ano passado. No acumulado de 12 meses, encerrados em setembro, o ingresso de IED totaliza US$ 37,437 bilhões, o equivalente a 2,44% do PIB. Nos doze meses até setembro de 2007, o ingresso de IED somava US$ 34,828 bilhões, ou 2,79% do PIB.

Remessa de lucros

As remessas de lucros e dividendos em setembro somaram US$ 3,436 bilhões de acordo com dados divulgados hoje pelo Banco Central. Em setembro do ano passado, as remessas somaram US$ 1,686 bilhão. No acumulado do ano, essa conta registrou saída líquida de US$ 27,5 bilhões ante US$ 14,983 bilhões de janeiro a setembro do ano passado.

As despesas com juros em setembro somaram US$ 502 milhões ante US$ 428 milhões no mesmo mês de 2007. De janeiro a setembro, a conta de juros registra saída de US$ 5,491 bilhões ante US$ 6,271 bilhões em igual período do ano passado.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG