Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BC britânico corta juro para 2%, como esperado

LONDRES (Reuters) - O Banco da Inglaterra cortou a taxa básica de juro em 1 ponto percentual nesta quinta-feira para estimular a enfraquecida economia britânica e afastar a ameaça da deflação. A redução levou a taxa para 2 por cento, seu menor patamar desde 1951. O juro britânico nunca ficou abaixo desse nível desde que o banco central foi criado em 1694.

Reuters |

A maioria dos analistas esperavam essa decisão, seguindo os indicadores do comércio que sugeriram que a economia pode estar caminhando em direção a uma recessão mais profunda do que a maioria das pessoas previa.

Em meio à crise global de crédito, bancos passaram a emprestar menos, atingindo fortemente a endividada economia britânica. O preço de moradias caiu 18 por cento ante pico registrado no último ano, o desemprego está aumentando e a confiança do consumidor despencou.

A economia da Grã-Bretanha encolheu no terceiro trimestre pela primeira vez desde a recessão do começo dos anos 1990, e analistas esperam que a situação piore no próximo ano.

O Banco da Inglaterra informou que os riscos inflacionários reduziram-se ainda mais devido à atividade econômica mais fraca desde a divulgação de seu Relatório de Inflação de novembro.

"O Comitê (de Política Monetária) julgou que... prevalece um risco substancial de descumprir (para baixo) a meta de inflação ao consumidor de 2 por cento no médio prazo", informou o BC em comunicado.

O Banco da Inglaterra informou ainda que as condições de liquidez continuam extremametente difíceis, e que a retomada do fluxo normal de empréstimos bancários dificilmente acontecerá sem que outras medidas sejam tomadas.

(Reportagem de David Milliken)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG