Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BB terminou o ano passado com carteira de crédito de R$ 240 bilhões

BRASILIA - O Banco do Brasil (BB) fechou 2008 com a carteira de crédito em R$ 240 bilhões, acima da meta fixada para o ano em R$ 200 bilhões, informou hoje o presidente da instituição, Antônio Francisco de Lima Neto. Isso aconteceu mesmo com o último trimestre, explicou ele a centenas de prefeitos, aos quais assegurou que a crise é uma realidade que está muito presente lá fora e bem menos aqui no Brasil.

Valor Online |

Ao falar após a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, Lima Neto disse que o banco estatal está alinhado com o compromisso do governo em tentar dirimir os efeitos da crise mundial e assegurar que o país continue a crescer.

Ele destacou que o BB ampliou o crédito no último trimestre do ano para suprir a escassez decorrente da crise financeira mundial. Tal ação gerou frutos ao banco estatal, como o fato de passar a deter um terço do mercado de financiamento às operações de comércio exterior. Antes do início da crise em setembro de 2008, essa fatia correspondia a um quarto.

Lima Neto mostrou vários números sobre a capilaridade do BB, e citou ainda que, além de linhas para exportação, o banco reforçou o crédito para capital de giro e para operações agrícolas.

As demonstrações financeiras do BB relativas a 2008 serão divulgadas no próximo dia 19, de acordo com a assessoria de Lima Neto.

Seguindo o discurso de outras autoridades do governo sobre as diferenças entre a situação atual do país e as reações a crises no passado, o presidente do Banco do Brasil afirmou: "Nessa crise, o Estado brasileiro não faz parte do problema e sim da solução."
(Azelma Rodrigues | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG