Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BB facilita renegociação de dívida em Santa Catarina

SÃO PAULO - O Banco do Brasil (BB), que recentemente incorporou o Banco do Estado de Santa Catarina (Besc), anunciou hoje uma série de medidas para ajudar a população do estado a se recuperar da tragédia provocada pelas chuvas. O BB autorizou que as agências dos estado renovem ou renegociem o pagamento de débitos bancários. Haverá redução de juros, aumento de prazo e de carência e eventual elevação do limite de crédito, se necessário.

Valor Online |

Para as micro e pequenas empresas, o BB prorrogará o prazo da linha Proger Urbano de 72 para 84 meses, com carência de três meses para novas operações e dispensa da entrada mínima de 10%. Na linha de capital de giro, os vencimentos de dezembro e janeiro próximos poderão ser prorrogados para o final do prazo, mantendo-se os valores das prestações. O volume disponível nas duas linhas para os catarinenses é de R$ 300 milhões.

Para o setor do agronegócio, o BB vai disponibilizar R$ 100 milhões para contratação de linha de crédito para construção e reforma de benfeitorias em propriedades rurais e reposição de plantéis. O prazo para pagamento será de três anos. O BB também concederá crédito rural para custeio para financiar o replantio de lavouras atingidas no montante de até R$ 150 milhões. Estará também disponível uma linha de crédito para investimento destinada a refinanciar operações do BNDES no valor de R$ 50 milhões.

Para as pessoas físicas de Santa Catarina também haverá melhora de condição nos empréstimos. A linha para compra de materiais de construção terá R$ 500 milhões para o estado. O BB reduziu taxas de juros e dobrou o prazo de 24 para 48 meses, que terá carência de até 180 dias. O teto das operações passa de R$ 20 mil para R$ 40 mil.

O empréstimo consignado também terá disponibilidade de R$ 500 milhões para os catarinenses. A carência máxima para o pagamento da primeira prestação foi ampliada de 59 dias para 180 dias. Para as operações já contratadas os clientes poderão solicitar carência de até 180 dias.

O BB também informou que pretende implementar fluxo especial para atender aos sinistros de seguros, bem como o pagamento das indenizações para os ramos de seguros de vida, automóveis e ramos elementares.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG