São Paulo, 5 mai (EFE).- A companhia BB Seguros, subsidiária do Banco do Brasil, confirmou hoje que fechou acordo para estabelecer uma sociedade com a espanhola Mapfre, formando uma das principais seguradoras do país.

São Paulo, 5 mai (EFE).- A companhia BB Seguros, subsidiária do Banco do Brasil, confirmou hoje que fechou acordo para estabelecer uma sociedade com a espanhola Mapfre, formando uma das principais seguradoras do país. Os termos do acordo serão definidos em 60 dias. A empresa do BB será a sócia minoritária, com um percentual que ainda será fixado nas negociações, declarou em entrevista coletiva o presidente de BB Seguros, Aldemir Bendine. Já o presidente do grupo espanhol, José Manuel Martínez, disse que o Banco do Brasil é o "sócio ideal" para ampliar as operações da empresa no país e considerou que o projeto pode ser expandido para muitos dos 45 países nos quais a Mapfre opera. O presidente de BB Seguros disse que a sociedade com a Mapfre poderá se repetir em outros países da América Latina e África, assim como nos Estados Unidos e no Japão. "Esse projeto está de acordo com o plano de internacionalização do Banco do Brasil", apontou Bendine, quem reiterou a ideia de transformar a instituição em um "banco global". Pelos cálculos do BB, a nova empresa assumiria uma posição de liderança no mercado brasileiro nas áreas de seguros pessoais (20% do mercado), riscos diversos (13,9%) e seguros para veículos (15,1%). "Queremos uma participação no mercado que corresponda ao tamanho do Banco do Brasil", declarou Bendine. O BB, a maior instituição financeira do país, teve em 2009 um lucro líquido de R$ 10,148 bilhões, 15,2% superior a 2008 e o maior registrado por um banco brasileiro nesse ano. Igualmente, em 2009 seus ativos cresceram 36% e chegaram a R$ 708,549 bilhões. O patrimônio líquido do Banco do Brasil no fim de dezembro era de R$ 36,119 bilhões, 20,6% superior ao do fim de 2008. EFE ed/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.