Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BB confirma empréstimo para bancos de montadoras

O presidente do Banco do Brasil (BB), Antonio Francisco Lima Neto, confirmou hoje que a instituição financeira fará um empréstimo de R$ 4 bilhões aos bancos de montadoras de veículos por meio de linhas de crédito interbancárias. Ele acrescentou que o Banco do Brasil receberá como garantia as carteiras de crédito dos bancos das montadoras.

Agência Estado |

Lima Neto esclareceu que a fonte dos R$ 4 bilhões é o compulsório do BB liberado pelo Banco Central (BC).

Segundo Lima Neto, os juros serão os cobrados habitualmente nas linhas interbancárias (CDIs), com base no perfil de risco de cada banco. "Aí, é caso a caso", explicou Lima Neto, que está no Palácio do Planalto para participar da reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), o "Conselhão". O prazo de financiamento também é o convencional das linhas de CDI, mas o presidente do BB destacou que será possível dar financiamentos com prazos a partir de seis meses. Ele observou que, com a escassez de crédito (causada pela crise financeira internacional), o prazo nas linhas de crédito interbancário chegou a cair para 60 dias. "Acredito que, a partir de seis meses, já é possível dar financiamento para esses bancos."

Ele explicou que os bancos de montadoras têm, nas linhas interbancárias, a sua principal fonte de financiamento, mas, como essas linhas secaram (com a crise financeira), o BB garantirá o fluxo de crédito e dará uma motivação de financiamento para o fim do ano. O presidente do BB informou que a estimativa de recursos foi feita em conjunto com os bancos de montadoras. "Acredito que, quebrando essa inércia, os outros bancos também poderão dar linhas interbancárias para os bancos de montadoras", previu.

Lima Neto disse ainda que o Banco do Brasil continuará financiando diretamente também o consumidor que deseja adquirir veículos. "São dois papéis do Banco do Brasil. Nesse caso das montadoras, o BB está agindo como fornecedor de linha (de crédito) para bancos de montadoras que financiam pessoas físicas e jurídicas. O BB tem também uma linha de financiamento de veículos. O banco ainda não é um ator relevante nesse mercado, mas a carteira, que já é de R$ 6 bilhões, cresce a cada dia, e continuamos financiando sem problemas", afirmou.

Leia tudo sobre: montadoras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG