Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BB compra 50% do Banco Votorantim por R$4,2 bi

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco do Brasil anunciou nesta sexta-feira a compra de 50 por cento do Banco Votorantim, terceiro maior banco privado e sétimo maior em ativos do país. A operação de cerca de 4,2 bilhões de reais aumenta a exposição do BB ao setor de veículos que foi impactado pela crise financeira internacional.

Reuters |

O Banco do Brasil passará a deter participação equivalente a 49,99 por cento do capital votante e 50 por cento do capital social do Banco Votorantim.

O BB pagará 3 bilhões de reais pela aquisição de ações ordinárias do Votorantim e fará um aporte de 1,2 bilhão de reais com a subscrição de novas ações preferenciais do rival. A operação ainda envolve distribuição de dividendos de 750 milhões de reais.

O Votorantim ocupa a quarta posição no ranking de financiamento de veículos do Brasil, com uma participação de 12 por cento. A carteira de crédito nesse segmento soma 16,8 bilhões de reais, correspondente a 77,6 por cento do crédito à pessoa física disponibilizado pela instituição.

Já a participação de veículos na carteira do BB à pessoa física é de 10,9 por cento. Com a operação essa exposição vai a 30,6 por cento.

"A parceria estratégica proporcionará crescimento da operação de financiamento a veículos do BB fora do ambiente de agências, o que hoje soma 1,9 bilhão de reais, 34 por cento de sua carteira de veículos", informa o BB.

O anúncio ocorre depois que o Banco do Brasil acertou a compra do bancou estadual paulista Nossa Caixa por 5,39 bilhões de reais em novembro, acumulando oferta de crédito de 8 bilhões de reais ao setor automotivo.

Com a transação com o Votorantim, os ativos totais do Banco do Brasil crescerão 8 por cento e a carteira de crédito avançará 9 por cento. No segmento de pessoa física, a carteira saltará 21 por cento.

(Reportagem de Alberto Alerigi Jr.)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG