Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Base aliada diz que CSS tem maioria, mas oposição vai manter obstrução na Câmara

BRASÍLIA - O líder do DEM na Câmara dos Deputados, Antônio Carlos Magalhães Neto (BA), afirmou hoje que a oposição vai continuar obstruindo a pauta de votações do Plenário da Casa, nesta semana.

Agência Brasil |

 

ACM Neto disse que, da última vez que a oposição colaborou para a desobstrução da pauta, o governo deu um presente de grego e propôs a criação da Contribuição Social para a Saúde (CSS). É claro que estamos com receio de, mais uma vez ,desobstruir a pauta e o governo querer apresentar propostas absurdas, como foi o caso da CSS, argumentou.

Questionado sobre a intenção do presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia, de votar a reforma tributária ainda este semestre, ACM Neto afirmou que a oposição não aceitou votar a proposta antes do recesso parlamentar, que começa no dia 17 de julho.

A oposição não aceita votar a reforma tributária no primeiro semestre porque não há um amadurecimento sobre a proposta na Casa e, segundo, porque o governo enfraqueceu a reforma com a criação desse novo imposto.

O líder do PT na Câmara, Maurício Rands (PE), admitiu que a proposta da reforma tributária pode ficar para o segundo semestre. A reforma tributária ainda não foi definida, mas houve quase um consenso de que o melhor é deixar para agosto, até a pedido da própria comissão, justificou Rands.

Ele disse ainda que, para a base do governo, a CSS já formou maioria na Casa e que os aliados continuarão enfrentando a obstrução da oposição.

Leia mais sobre CSS

Leia tudo sobre: css

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG