Tamanho do texto

Nova York, 6 out (EFE).- O barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) caía hoje cerca de 4% e era negociado a menos de US$ 90, pela primeira vez desde fevereiro, em meio a uma maior inquietação por uma possível queda da demanda por causa do arrefecimento econômico mundial.

Após uma hora de negociações na Bolsa Mercantil de Nova York (NYMEX), os contratos do petróleo WTI para entrega em novembro eram negociados a US$ 89,86 por barril (159 litros), US$ 4,02 a menos que na sexta-feira.

A queda do preço do WTI ocorria em paralelo ao forte retrocesso dos principais indicadores da Bolsa de Wall Street, apesar de o Congresso dos EUA ter aprovado um plano de resgate financeiro na sexta-feira, com o qual se pretende, entre outros, estabilizar os mercados e facilitar as operações de crédito.

Os problemas que afetam diversas entidades financeiras também na Europa intensificaram a percepção de que a crise não afeta apenas os EUA, mas representa também um peso para as entidades e a economia na zona do euro.

Com esse cenário de fundo, aumenta a incerteza no mercado petroleiro devido ao efeito que um maior arrefecimento da economia pode ter no nível da demanda, que já se prevê que crescerá menos este ano e no próximo do que se calculava há alguns meses. EFE vm/an