Caracas, 27 fev (EFE).- O barril de petróleo venezuelano fechou a semana negociado a US$ 36,80, US$ 2,87 acima do registrado na semana anterior, indicou hoje o Ministério de Energia e Petróleo (MEP) venezuelano.

O MEP informou que a alta aconteceu devido a uma "menor oferta da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep)", e também ao "aumento no consumo de gasolina nos Estados Unidos".

Além disso, estaria contribuindo a "diminuição dos estoques comerciais de petróleo nos EUA".

O preço médio do ano está em US$ 36,09, inferior aos US$ 86,81 de 2008, aos US$ 64,74 de 2007, aos US$ 56,45 de 2006, e aos US$ 45,39 do barril (159 litros) em 2005.

A Venezuela, quinto maior exportador mundial de petróleo, é membro fundador da Opep e atualmente produz aproximadamente 3,1 milhões de barris diários.

Também é um dos principais fornecedores de petróleo aos EUA, com cerca de 1,2 milhão de barris diários aproximadamente, segundo dados venezuelanos.

O petróleo é responsável por mais de 90% das divisas que a Venezuela recebe, e por cerca da metade da receita do orçamento nacional. EFE rr/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.