Londres, 15 set (EFE) - O barril de petróleo Brent, de referência na Europa, fechou hoje acima dos US$ 92, apesar de cotar abaixo desse preço durante boa parte do pregão, em um contexto de preocupação nos mercados financeiros após a declaração de falência do banco de investimentos Lehman Brothers.

O barril do petróleo Brent para entrega em outubro fechou a US$ 92,38, valor US$ 5,2 inferior ao do fechamento da jornada anterior.

Durante o pregão, o Brent foi negociado a um mínimo de US$ 91,17 e a um máximo de US$ 96,59, com uma oscilação de US$ 5,42.

Segundo os analistas, esta queda do Brent, que o leva a níveis que não alcançados desde fevereiro, se deve ao temor de uma redução da demanda devido a uma piora da crise financeira após o colapso do Lehman Brothers.

Além do temor de uma queda da demanda, influi na baixa do petróleo a instabilidade em países produtores, como a Nigéria, e o fortalecimento do dólar, que faz com que as matérias-primas comercializadas nessa moeda atraiam menos investidores. EFE jm/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.