Londres, 23 dez (EFE).- O barril do petróleo Brent seguiu hoje sua tendência de baixa no mercado de Londres e caiu 2,62%, para US$ 40,36, em meio aos temores dos investidores de uma queda da demanda por causa de dados econômicos desfavoráveis no Reino Unido e Estados Unidos.

O barril do petróleo Brent para entrega em fevereiro fechou a US$ 40,36, US$ 1,09 a menos que no fim do pregão da segunda-feira na Bolsa Intercontinental de Futuros (ICE Futures) de Londres.

A queda do petróleo coincidiu com o anúncio de dados desanimadores do setor imobiliário nos Estados Unidos, que confirmam o grau de arrefecimento econômico no país e a possibilidade de mais quedas da demanda de petróleo.

Também houve o anúncio de que a atividade econômica nos EUA contraiu entre julho e setembro a um ritmo anual de 0,5%, o pior número desde o início de 2001.

Estes dados, junto com o anúncio de uma contração da economia britânica no terceiro trimestre deste ano, contribuíram para empurrar em baixa o Brent, o petróleo de referência na Europa.

Paralelamente, os mercados seguem com atenção a atuação da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), que anunciou que reduzirá sua produção em 2,2 milhões de barris diários a partir de 1º de janeiro, e coloca inclusive realizar novos cortes futuramente. EFE jm/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.