Tamanho do texto

SÃO PAULO - Os contratos futuros de petróleo com vencimento em outubro disparavam US$ 25 há pouco nos negócios na Bolsa Mercantil de Nova York, para US$ 130 por barril WTI. Trata-se da maior alta já registrada desde o início da negociação, em 1984.

Segundo os agentes, a alta responde à queda do dólar no mercado internacional, que se desvalorizou 2,1% em relação ao euro, saindo de US$ 1,4466 por euro na sexta-feira para US$ 1,4769 por euro hoje.

O enfraquecimento da moeda norte-americana é uma consequência do anúncio do pacote de resgate do setor financeiro nos EUA. O governo daquele país terá que emitir US$ 700 bilhões em dívida para comprar os ativos podres nos balanços das instituições financeiras.

"(Valor Online, com agências internacionais)"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.