Londres, 16 set (EFE).- O barril de petróleo Brent, de referência na Europa, chegou a ser negociado hoje a US$ 88,99 às 10h de Brasília em Londres, mas depois subiu e ficou em torno dos US$ 90, diante do temor de uma queda da demanda devido à crise nos mercados financeiros.

Pelo segundo dia consecutivo, o barril do petróleo Brent registrava uma forte queda, a maior em quase quatro anos, segundo os especialistas em Londres.

O Brent era negociado a US$ 90,31 às 13h50 de Brasília, US$ 2,07 a menos que no fechamento da segunda-feira.

O preço máximo negociado hoje na Bolsa Intercontinental de Futuros (ICE Futures) em Londres foi de US$ 92,13 às 12h de Brasília.

O petróleo de referência na Europa caiu mais de US$ 58 desde julho, quando alcançou um recorde histórico, ao ser negociado a US$ 147,50. EFE jm/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.