Tamanho do texto

Viena, 12 dez (EFE) - O petróleo de referência da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) subiu na quinta-feira 5,7%, até US$ 40,12 o barril, informou hoje em Viena o Secretariado do cartel petrolífero.

Com esta alta de US$ 2,18, o barril (de 159 litros) da Opep acompanhou na quinta-feira os petróleos de referência na Europa e nos Estados Unidos na tendência de valorização.

O Brent europeu subiu 11,7%, enquanto o Texas americano teve alta de 10,2% em relação ao pregão anterior, impulsionado pelo previsto corte da produção que a Opep deve decidir na reunião que realizará em Oran, Argélia, no dia 17.

Essa opção foi reforçada na quinta-feira pelo ministro de Energia argelino e presidente em exercício do cartel, Chakib Khelil, que afirmou que a organização deverá fazer uma grande redução de sua oferta.

O novo corte se somaria ao de 1,5 milhão de barris diários aprovado em outubro e que não conseguiu deter a queda dos preços.

A expectativa desta medida impulsionou os preços em alta, apesar de a Agência Internacional da Energia (AIE) ter anunciado nesta quinta que 2008 verá a primeira diminuição da demanda mundial de petróleo dos últimos 25 anos. EFE as/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.