Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Barril da Opep cai 2,3% e fica a US$ 47,96

Viena, 18 nov (EFE).- O preço do barril da Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) abriu a semana em queda, ao ser vendido a US$ 47,96 na segunda-feira, com uma baixa de US$ 1,36 a respeito da cotação da sexta-feira.

EFE |

Assim informou hoje o Secretariado do cartel, em Viena, que diariamente publica o preço correspondente ao dia útil anterior de seu barril (de 159 litros) de referência, uma mistura de 13 tipos de petróleo, uma para cada país membro.

Após cair 2,3% na segunda-feira, a cesta da Opep perdeu grande parte do que tinha ganhado na sexta-feira e voltou à tendência de queda que registra desde 2 de julho, quando bateu o recorde de US$ 140,73.

A própria Opep contribuiu ontem para a queda dos preços, com seu relatório mensal, onde pela sexta vez consecutiva reduziu a previsão sobre a demanda mundial de petróleo para 2008 e 2009.

O documento adverte de um forte freio do consumo energético, porque a economia real "vai de mal a pior", atingida pela crise financeira, especialmente nos Estados Unidos, onde a demanda petrolífera entre janeiro e outubro deste ano foi menor em 1,2 milhão de barris diários em comparação a 2007, a pior queda desde 1980.

O panorama pessimista descrito pela Opep foi ontem confirmado pela notícia de que o Japão, a segunda maior economia do mundo, entrou em recessão. EFE wr/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG