O banco britânico Barclays confirmou nesta segunda-feira que chegou a considerar a compra do banco de investimentos americano Lehman Brothers, que vai declarar falência, e que desistiu da aquisição porque a mesma não teria sido benéfica para seus acionistas.

"Confirmamos que o Barclays considerou uma fusão com o Lehman Brothers e não seguiu adiante porque não era possível fechar uma transação que fosse benéfica para os acionistas do Barclays", afirma um comunicado oficial.

bcp/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.