SÃO PAULO - O britânico Barclays comprou as operações de mercados de capitais e de banco de investimento do americano Lehman Brothers, que na segunda-feira pediu proteção contra os credores. O acerto inclui a sede do Lehman em Manhattan e dois centros de dados.

A operação é avaliada em US$ 1,75 bilhão.

Conforme o acordado, o Barclays ficará com as atividades de mercados de capitais e banco de investimento por US$ 250 milhões em dinheiro e a sede do Lehman em Nova York e mais dois centros de dados em Nova Jersey por valor de mercado atual estimado de US$ 1,5 bilhão.

Amanhã e depois, o Lehman tentará vender o grosso de sua divisão de administração de investimentos. Dois grupos de private equity - Bain Capital e Hellman & Friedman - são apontados como os compradores mais prováveis.

"(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.