O candidato democrata à Casa Branca, Barack Obama, vai reorientar sua campanhia para a econmia e as dificuldades que os americanos estão vivendo depois de regressar de sua viagem de oito dias ao Oriene Médio e Europa.

"O que nos preocupa em todo o país agora é a sua incapacidade de patar o combustível e a comida porque os preços estão subindo de maneira vertiginosa", afirmou Barack Obama em entrevista ao NBC neste domingo.

O candidato anunciou que vai se encontrar nesta segunda-feira com os principais conselheiros econômicos, entre eles o investidor e filantropo Warren Buffet, o presidente da Google, Eric Schmidt, o ex-secretário do Tesouro, Robert Rubin, e o ex-presidente do Federal Reserve, Paul Volcker.

Seu objetivo, explicou, é estudar as possibilidades de estabelecer um segundo plano de reativação e de fazer baixar o preço do combustível nos postos de gasolina.

Pesquisas publicadas na semana passada mostraram que o candidato republicano John McCain avançou em relação a Obama nos estados atingidos pela crise econômica.

aje/chl/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.