Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Barack Obama é eleito presidente dos EUA

SÃO PAULO - O senador democrata Barack Obama foi escolhido como o primeiro presidente negro dos Estados Unidos, vencendo seu concorrente republicano John McCain. A mudança chegou, declarou Obama ontem à noite ante uma multidão de simpatizantes em Chicago.

Valor Online |

A terça-feira marcou o fim da mais longa campanha presidencial na história dos EUA - 21 meses. Obama, de 47 anos, iniciará agora sua transição para a Casa Branca. Ele será o 44º presidente americano, com posse marcada para 20 de janeiro do próximo ano.

"Se existe alguém que ainda duvida que a América é um lugar onde todas as coisas são possíveis, que ainda imagina se o sonho dos nossos fundadores está vivo, que ainda questiona o poder de nossa democracia, hoje está nossa resposta", sustentou Obama.

Ele acrescentou que existirão aqueles que não irão concordar com cada decisão que ele irá tomar como presidente e que os americanos devem saber que o governo não pode resolver todos os problemas, mas prometeu "sempre ser honesto" sobre os desafios que terão de ser enfrentados.

McCain, de 72 anos, reconheceu a vitória de Obama, o cumprimentou pelo resultado obtido e comprometeu-se a ajudar o democrata a trazer unidade ao país. Falando do Arizona, ele pediu a seus simpatizantes que oferecessem ao próximo presidente a boa vontade deles e seus esforços para "encontrar caminhos para ficarem juntos".

"Fui candidato ao maior posto do país que eu amo tanto. Hoje, permaneço funcionário dele. Isto é uma benção suficiente para qualquer um. Agradeço o povo do Arizona por isso", manifestou McCain.

O republicano perdeu na Flórida, Ohio, Pensilvânia, Novo México e New Hampshire, Estados em que ele esperava garantir para seu partido.

Conforme dados preliminares apresentados pela rede CNN, Obama conseguiu 349 votos no Colégio Eleitoral ante os 160 de McCain. Eram necessários 270 votos para eleger o presidente.

O futuro vice-presidente de Obama, Joe Biden, prometeu ajudar o dirigente escolhido em sua agenda.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG