XANGAI (Reuters) - A chinesa Baosteel reduziu os preços de produtos laminados a quente em cerca de 10 por cento e de produtos laminados a frio em 800 iuans (117,2 dólares) a tonelada para julho, publicou o Shanghai Securities News, nesta sexta-feira.

Esta será a primeira vez que a Baosteel reduz os preços desde novembro, uma vez que os preços do aço caem com preocupação sobre a demanda futura da China, maior produtora e consumidora mundial de aço.

XANGAI (Reuters) - A chinesa Baosteel reduziu os preços de produtos laminados a quente em cerca de 10 por cento e de produtos laminados a frio em 800 iuans (117,2 dólares) a tonelada para julho, publicou o Shanghai Securities News, nesta sexta-feira.

Esta será a primeira vez que a Baosteel reduz os preços desde novembro, uma vez que os preços do aço caem com preocupação sobre a demanda futura da China, maior produtora e consumidora mundial de aço.

A bobina laminada a frio terá preço de 5.226 iuans a tonelada, queda de 13 por cento ante o mês anterior, segundo cálculos da Reuters.

O artigo não detalhou a mudança de preço exata para os laminados a quente, mas disse que o corte será de aproximadamente 10 por cento.

Os ajustes de preço da Baosteel são considerados como referência para a indústria chinesa do aço.

A companhia reduzirá ainda os preços de julho para produtos galvanizados em cerca de 10 por cento, segundo o artigo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.