Nova York, 11 dez (EFE).- O Bank of America confirmou hoje sua intenção de eliminar entre 30 mil e 35 mil empregos nos próximos três anos, devido aos efeitos da crise econômica e ao processo de absorção do recém-comprado banco de investimentos Merrill Lynch.

"O Bank of America trabalha em um plano para eliminar um significativo número de postos de trabalho nos próximos três anos, por causa da fusão pendente com Merrill Lynch e do frágil contexto macroeconômico, que está afetando nosso nível de atividade empresarial", destacou o banco em um comunicado.

Divulgada após o fechamento das bolsas de Nova York, a nota diz que as demissões, de no máximo 35 mil empregados, só começarão no ano que vem.

"Os cortes serão em ambas as entidades e afetarão todas as linhas de negócio. A maior parte deles se dará através de demissões voluntárias", disse o Bank of America, que confirmou as notícias veiculadas pela imprensa americana desde a semana passada. EFE mgl/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.