Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bancos são multados em R$ 2 mi por não alertarem sobre risco de fundos

SÃO PAULO - Os bancos ABN Amro e Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil (BBDTVM) e a Banespa Corretora de Câmbio receberam multas do Ministério da Justiça no total de R$ 2 milhões, por propaganda enganosa. As instituições têm dez dias para apresentar defesa à Secretaria e Direito Econômico (SDE).

Valor Online |

Segundo o Ministério da Justiça, a punição foi aplicada porque os bancos não ofereciam orientações claras e objetivas a respeito dos riscos envolvidos em fundos de investimentos em renda fixa.

De acordo com nota do Ministério, o principal problema estava na fase pré-contratual, quando muitos clientes acreditavam estar investindo em um fundo que não oferecia a possibilidade de perdas. Embora os fundos de renda fixa tenham maior rentabilidade, também são grandes os riscos de perda de dinheiro.

O Banco do Brasil Administradora de Ativos e Valores Mobiliários recebeu a maior multa, no valor de R$ 1,506 milhão. A Banespa S/A Corretora de Câmbios e Títulos deverá pagar R$ 861 mil, o ABN Amro recebeu multa de R$ 249 mil e a Caixa terá de pagar outros R$ 218 mil.

O ABN Amro e a Banespa Corretora informaram por meio da assessoria de imprensa do Santander (que controla ambas as instituições) que a decisão ainda está sendo analisada e que eles "se reservam o direito de não se manifestar sobre o assunto", até que tal análise seja concluída.

No caso do Banco do Brasil, que recebeu a maior multa, a assessoria informou que está averiguando o problema que originou a decisão judicial e que também só comentará o tema depois.

Já a Caixa Econômica Federal alega não ter sido notificada ainda pela Justiça e só vai se pronunciar sobre o assunto quando for oficialmente comunicada da multa.

Leia tudo sobre: bancos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG