Tamanho do texto

Trinta bancos credores salvaram o grupo empresarial alemão Merckle com um crédito de 400 milhões (US$ 544 milhões). A condição é que o grupo venda o fabricante de medicamentos genéricos Ratiopharm e demita Ludwig Merckle, que assumiu o cargo de gerente-administrador do fundo investidor VEM, no qual estão reunidas as empresas do grupo, após o suicídio de seu pai, Adolf Merckle.

O crédito deve evitar a insolvência do império Merckle.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.