Um consórcio de dez instituições financeiras privadas anunciou neste domingo um plano para oferecer 70 bilhões de dólares em crédito para aliviar a crise gerada pelo http://ultimosegundo.ig.com.br/economia/2008/09/14/the_new_york_times_lehman_segue_rumo_a_liquidacao_1824901.html target=_topeminente colapso do banco Lehman Brothers.

Bank of America, Barclays, Citibank, Credit Suisse, Deutsche Bank, Goldman Sachs, JP Morgan, Merrill Lynch, Morgan Stanley e UBS informaram em um comunicado conjunto que "deram início a uma série de ações para ajudar a aumentar a liquidez e mitigar a volatilidade sem precedentes e outros desafios que afetam as participações globais e os mercados financeiros".

O consórcio concordou em criar "um mecanismo de empréstimos garantidos" de 70 bilhões de dólares, para o qual cada banco contribuirá com 7 bilhões, com o objetivo de facilitar o acesso ao crédito.

Os bancos anunciaram ainda que trabalhariam juntos "para ajudar a facilitar uma resolução metódica" entre o Lehman Brothers e seus parceiros.

"Estas ações refletem o ambiente de mercado extraordinário" atual, destaca o comunicado.

"Os bancos se comprometem a continuar trabalhando diretamente uns com os outros, assim como com o departamento do Tesouro, o Federal Reserve, a Securities and Exchange Commission (SEC), os governos e agências reguladoras ao redor do mundo e outros participantes do mercado para garantir que o setor está fazendo todo o possível para aumentar a liquidez e as garantias no mercado de capitais e no sistema bancário", diz o texto.

Leia mais sobre: Lehman Brothers

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.