Tamanho do texto

Os papéis das instituições financeiras lideram as perdas nos mercados em Wall Street, onde os principais índices acionários registram quedas acentuadas. Os investidores temem que estes grupos enfrentem maior concorrência em suas operações ao consumidor, como poupança e cartões de crédito, com a transformação dos bancos de investimento Goldman Sachs e Morgan Stanley em holdings bancárias.

Às 12h25 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 1,84%, o Nasdaq 100 perdia 2,07% e o S&P 500 operava em baixa de 2,1%.

No Brasil, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) acompanha o comportamento negativo das Bolsas de Nova York. Nem mesmo os ganhos das ações da Petrobras, que sobem cerca de 1%, conseguem inverter a direção do mercado doméstico.

No horário citado acima, o Índice Bovespa recuava 0,79%, a 52.634 pontos, e registrava um volume financeiro de R$ 1,91 bilhão. Ainda no mesmo horário, as ações ordinárias (ON) e preferenciais (PN) da Petrobras subiam 1,42% e 1%, respectivamente, impulsionada pela notícia, divulgada este fim de semana, de que o governo brasileiro estuda autorizar o uso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para compra de ações da Petrobras, segundo confirmou ontem o ministro do Trabalho, Carlos Lupi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.