Os bancos da Grécia estão sendo atingidos por uma onda de resgates conforme os cidadãos mais ricos e as corporações do país procuram levar seu dinheiro para o exterior ou para instituições financeiras internacionais consideradas mais seguras para seus ativos. A informação é do jornal britânico Telegraph.

Os bancos da Grécia estão sendo atingidos por uma onda de resgates conforme os cidadãos mais ricos e as corporações do país procuram levar seu dinheiro para o exterior ou para instituições financeiras internacionais consideradas mais seguras para seus ativos. A informação é do jornal britânico Telegraph.<p><p>Segundo o Telegraph, os recursos estão sendo transferidos para bancos como HSBC e Société Générale, que operam grandes filiais na Grécia. A reportagem citou dados do Banco da Grécia que mostram que mais de 3 bilhões de euros (US$ 4 bilhões) em depósitos pertencentes a pessoas físicas e companhias gregas deixaram o país em fevereiro, depois de 5 bilhões de euros terem saído em janeiro. <p><p>John Raymond, analista do CreditSights, afirmou ao jornal que a saída de capital é a questão que mais preocupa a maior parte dos banqueiros gregos. "Os próprios bancos estão preocupados com isso porque não conseguem financiamento em outro lugar no momento", disse Raymond. As informações são da Dow Jones.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.