Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bancos estudam aquisições em vez de facilitar crédito, diz jornal

Washington, 22 out (EFE).- Vários dos bancos maiores dos Estados Unidos se inclinam em gastar uma parte do auxílio financeiro que receberão do Governo para adquirir outras firmas financeiras, em vez de facilitar o crédito, afirmou hoje o jornal The Washington Post.

EFE |

A Administração do presidente americano, George W. Bush, iniciou no início de outubro um plano de auxílio para os mercados financeiros no valor de US$ 700 bilhões.

Quando o secretário do Tesouro americano, Henry Paulson, anunciou depois que usaria cerca de US$ 250 bilhões desses fundos na compra de ações em bancos privados, disse que os bancos não deveriam monopolizar esse dinheiro, mas deveriam retomar os empréstimos para resolver a crise do crédito.

"O JP Morgan Chase, o BB&T e o Zions Bancorporation indicaram em dias recentes que estudam o uso de alguns dos fundos federais para a compra de outros bancos", segundo o "Washington Post".

"Cerca de 10 instituições financeiras que pertencem à mesa-redonda de Serviços Financeiros, que representa 100 dos maiores serviços financeiros do país, também consideram fazer aquisições com esse dinheiro", acrescentou.

O jornal acrescentou que "há um consenso crescente entre funcionários do Tesouro e outras agências federais de que, se for permitido que os bancos em boa posição usem o dinheiro para adquirir bancos que correm risco de quebra, seria possível estabilizar a economia e melhorar a confiança nos bancos". EFE jab/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG