Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bancos causaram preocupação e fizeram bolsas cair ontem

SÃO PAULO - Os bancos voltaram a trazer preocupações para os investidores e derrubaram ontem as bolsas americanas e as européias. Em Nova York, a maior preocupação é o Citigroup.

Valor Online |

Do outro lado Atlântico, o HSBC causou inquietação. Os indicadores econômicos, que continuam diagnosticando forte desaceleração econômica nos EUA, também contribuíram para mais um dia ruim nas bolsas.

O Dow Jones cedeu 2,94%, para 8.200,14 pontos, mesmo patamar do início de dezembro. O Standard & Poor ? s 500 declinou 3,35%, aos 842,62 pontos. O índice Nasdaq encerrou o dia em 1.489,64 pontos, com baixa de 3,67%.

Depois de anunciar ontem a formação de uma joint venture com o Morgan Stanley para o segmento de corretagem e gestão de recursos, as ações do Citigroup caíram 22,9%. O HSBC, que foi alvo de análise negativa do Morgan Stanley, que prevê necessidade de aumento de capital de até US$ 30 bilhões para a instituição, recuou 8,3% em Nova York e 9,8% no mercado europeu.

Na Europa, o índice FTSEurofirst 300 caiu 4,31%, para 804 pontos, menor patamar em três semanas. " É uma combinação de muitas coisas (ruins) vindas de uma vez " , disse Gareth Williams, estrategista de ações da ING. " É o setor bancário, as vendas no varejo dos Estados Unidos, o pedido de proteção contra a falência da Nortel. "
As ações do Royal Bank of Scotland despencaram 17%. Outros bancos, incluindo BNP Paribas, Santander e Credit Suisse, recuaram entre 6,9% e 8,6%. Em Londres, o índice FT fechou em queda de 4,97%, a 4.180,64 pontos. Na Alemanha, o índice DAX cedeu 4,63%, para 4.422,35 pontos. Em Paris, o CAC caiu 4,56%.

(Valor Econômico)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG