Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Banco Votorantim diz que não tem relação com swaps do Grupo

SÃO PAULO - O Banco Votorantim divulgou nota hoje para informar que não teve participação na formação das operações de swap com verificação em dólar realizadas pelo Grupo Votorantim, com o qual é coligado. O banco disse ainda que não teve nenhum prejuízo com a eliminação dessas operações por parte do conglomerado.

Valor Online |

Na manhã de hoje, o Grupo Votorantim anunciou que teve perdas de R$ 2,2 bilhões com operações de swap com verificação em dólar. O Grupo disse que sua exposição cambial nessas operações foi "totalmente eliminada".

A Votorantim destaca ainda que a geração de caixa do grupo foi de R$ 8,1 bilhões em 2007 e está estimada em R$ 8,4 bilhões para este ano. Para a receita líquida a empresa projeta fechar 2008 com R$ 34 bilhões, uma alta de 10% sobre os R$ 30,9 bilhões do ano passado.

A empresa diz ainda que sua relação entre dívida líquida e o Ebitda (lucro antes de juros, impostos depreciação e amortização) é de 2,4 vezes e que o caixa disponível é de aproximadamente R$ 10
bilhões.

Além do Grupo Votorantim, a Sadia e a Aracruz revelaram perdas substancias com derivativos de câmbio. A empresa de alimentos perdeu R$ 760 milhões com a liquidação da sua exposição e a fabricante de celulose revelou que tinha uma perda não realizada de R$ 1,95 bilhão ao final de setembro.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG