Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Banco UBS veta gratificação para diretores em 2008

Genebra, 2 nov (EFE).- O UBS, maior banco da Suíça, não dará gratificação, referente ao ano de 2008, aos membros da direção geral.

EFE |

Assim confirmou a instituição financeira à agência suíça "ATS" após uma informação publicada previamente pelo jornal "SonntagsBlick".

Nenhum dos 12 membros da direção geral receberá tais bônus, assim como o presidente do Conselho de Administração do UBS, Peter Kurer.

No ano passado, a direção geral recebeu 74 milhões de francos suíços (50,3 milhões de euros) apesar de o banco ter registrado perdas líquidas de 4,400 bilhões de francos suíços (2,29 bilhões de euros).

Além disso, o UBS planeja a instauração de um novo sistema de bônus baseado nos resultados, de tal forma que a instituição poderá reivindicar o dinheiro outorgado em primeira instância se as metas não forem cumpridas.

Desde o início do ano, o UBS já perdeu 40 bilhões de francos suíços (27,180 bilhões de euros). EFE mh/wr/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG