Genebra, 8 jul (EFE).- O banco suíço UBS anunciou hoje que recebeu uma autorização condicional para iniciar suas atividades na Arábia Saudita, como parte de uma estratégia para reforçar significativamente sua presença no Oriente Médio.

A entidade bancária afirmou em comunicado que pretende iniciar suas operações na Arábia Saudita antes do fim do ano, quando tiver recebido a aprovação definitiva da autoridade reguladora do país do Oriente Médio.

Entre os serviços que deverá oferecer na Arábia Saudita estão a gestão de fortunas e de ativos institucionais, assim como a consultoria de seu banco de negócios.

Imerso em uma forte crise devido às perdas milionárias vinculadas ao colapso do setor de créditos e hipotecas de alto risco nos Estados Unidos, o UBS decide assim entrar em um país e uma região beneficiária pelo aumento do preço do petróleo.

Como parte da estratégia, o banco suíço informou que também solicitou uma licença para começar a operar no Catar, que tem uma "das maiores taxas de crescimento econômico" do mundo.

O UBS, maior administrador de fortunas do mundo, anunciou que duplicará o número de funcionários de sua divisão de bancos de negócios no Oriente Médio. EFE is/ev/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.