Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Banco suíço UBS prevê que Brasil escapará da recessão

Genebra, 4 dez (EFE).- O UBS, o maior banco suíço e um dos mais atingidos pela crise financeira, prevê um drástico arrefecimento da economia mundial em 2009, mas indica que alguns países emergentes como o Brasil escaparão da recessão, segundo um relatório apresentado hoje.

EFE |

Em seu estudo, a entidade indica que a maioria dos países desenvolvidos, incluindo os europeus, Estados Unidos e Japão, "cairão mais em recessão antes que comece uma ligeira recuperação, no final do ano".

Segundo o relatório, os Estados Unidos enfrentarão sua pior recessão em 25 anos, enquanto, na Europa, Reino Unido e Espanha serão os que mais sofrerão.

A Suíça e a Alemanha são as mais bem situadas para superar os meses de turbulências, segundo o banco suíço.

Além disso, o documento destaca que os países em desenvolvimento também sofrerão um retrocesso de sua economia, mas indica que os emergentes como Brasil, China, Índia, e Rússia escaparão da recessão.

Os autores prevêem que haverá uma recuperação da economia mundial no final de 2009 ou início de 2010.

Para os investidores, o UBS sugere a diversificação de suas pastas, que sejam defensivos e que calculem os riscos para conseguir lucros acima da atuação do mercado.

O UBS foi um dos bancos mais atingidos pela crise financeira mundial e, devido a sua situação, o Governo suíço teve que aprovar um plano de resgate que prevê a injeção de 6 bilhões de francos (3,8 bilhões de euros).

Além disso, o Banco Nacional Suíço (autoridade monetária) teve que criar um fundo especial para os ativos de má qualidade do UBS, por um valor total de US$ 60 bilhões. EFE mh/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG