Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Banco japonês pode ficar com 20% do Morgan Stanley

O banco Morgan Stanley informou ontem que chegou a um acordo para vender ao menos 20% de seu capital para o japonês Mitsubishi UFJ Financial Group. A negociação ainda está sujeita a uma due diligence, ou seja, uma análise profunda da instituição americana por representantes dos japoneses.

Agência Estado |

No domingo, o Federal Reserve (Fed, o banco dos Estados Unidos) aprovou o pedido do Morgan Stanley para se transformar em uma holding financeira (em vez de apenas banco de investimentos), medida que abre caminho para que se transforme em banco comercial. Em tese, essa nova condição tira um pouco da pressão que o Morgan vinha sofrendo nas últimas semanas.

O acordo prevê que o Mitsubishi, segundo maior banco do mundo pelo critério de depósitos, investirá até US$ 8,5 bilhões no Morgan Stanley. "Uma vez que o Morgan tomou a decisão de permanecer independente, precisava de capital", disse Marshall Sonenshine, presidente do banco de investimentos americano Sonenshine Partners.

Apesar do anúncio, as ações do Morgan Stanley caíram 0,4%, para US$ 27,09. Durante o pregão, chegaram a subir 14% na Bolsa de Nova York.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG