SÃO PAULO - O Banco do Japão reduziu a estimativa de crescimento para a economia do país no ano fiscal que termina em março próximo, de 1,5% para 1,2%. Também alterou a previsão de alta para o índice de preço ao consumidor no período, de 1,1% para 1,8%.

A autoridade monetária espera que a atividade econômica registre baixa expansão por algum tempo, mas com expectativa de retomada do caminho de crescimento moderado em seguida.

O BC japonês, que optou por conservar a taxa de juro em 0,5% ao fim de encontro realizado hoje, destacou que o impacto dos preços mais elevados dos alimentos e dos combustíveis e os custos maiores das matérias-primas estão pesando sobre a economia japonesa. Citou ainda os sinais de abrandamento do ritmo de crescimento econômico global.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.