Tóquio, 22 set (EFE).- O Banco do Japão (BOJ, banco central japonês) injetou hoje 1,5 trilhão de ienes (US$ 14,086 bilhões) adicionais no sistema financeiro, após fornecer na semana passada um total de US$ 103 bilhões para aliviar os problemas.

Trata-se do quinto dia de trabalho consecutivo na qual o banco central japonês fornece liquidez ao sistema.

No total, o BOJ injetou desde terça-feira, 16 de setembro, mais de US$ 117 bilhões como parte de uma operação junto ao Federal Reserve (Fed, banco central americano) dos EUA e o Banco Central Europeu (BCE) para tentar estabilizar o mercado perante as turbulências suscitadas pela quebra do Lehman Brothers. EFE icr/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.