O Banco do Japão anunciou nesta quarta-feira a injeção de mais 1,5 trilhão de ienes (9,7 bilhões de euros) no sistema financeiro do país para atender às necessidades de liquidez dos bancos.

A injeção foi realizada mediante operações de "open market", com o Banco Central comprando títulos dos bancos, especialmente bônus do Tesouro, para aumentar a liquidez no mercado.

Na semana passada e na segunda-feira, o Banco Central japonês injetou 12,5 trilhões de ienes (80,6 bilhões de euros). Os outros grandes bancos do Japão também reforçaram a liquidez no mercado financeiro nos últimos dias.

A crise financeira nos Estados Unidos tem provocado temores entre os bancos de todo o mundo, resultando em uma forte contração na oferta de crédito e na alta dos juros, condições nefastas para a economia.

As injeções de dinheiro dos Bancos Centrais pretendem combater este fenômeno.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.