Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Banco da Inglaterra mantém as taxas de juros em 5%

Londres, 7 ago (EFE).- O Comitê de Política Monetária (MPC, sigla em inglês) do Banco da Inglaterra (banco central britânico) manteve em sua reunião de hoje as taxas de juros no Reino Unido em 5%, anunciou a entidade.

EFE |

Desta forma, o banco central britânico deixa inalterada pelo quarto mês consecutivo a taxa de juros, após em dezembro, fevereiro e abril diminuir a mesma em 0,25 ponto percentual.

Durante os últimos meses, o Banco da Inglaterra combinou uma preocupação pela desaceleração econômica com o temor de um aumento dos preços.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) do Reino Unido ficou em junho em 3,8% em taxa anualizada, acima do objetivo oficial de 2%.

Já o Índice de Preços no varejo, que inclui o pagamento dos juros das hipotecas e que é usado neste país para calcular os aumentos de salários, as pensões, o imposto municipal e os pagamentos hipotecários, chegou a 4,6%, em comparação ao 4,3% do mês anterior.

O Banco da Inglaterra, assim como o Banco Central Europeu (BCE), deu prioridade nos últimos meses à inflação, por isto as diminuições de taxas de juros que realizou foram consideravelmente menores que as do Federal Reserve (Fed, banco central americano).

Entre setembro de 2007 e abril deste ano, o Fed diminuiu os juros em sete ocasiões, passando no total de 5,25% para 2%.

Por outro lado, o mercado espera que o BCE, que divulgará sua decisão apenas 45 minutos após o Banco da Inglaterra, mantenha os juros para a zona do euro, após os aumentar no início de julho para 4,25% após um ano sem mudanças. EFE pdj/fal

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG