SÃO PAULO - A taxa de corte do leilão no qual o Banco Central ofereceu dólares no mercado à vista foi de R$ 2,2110. O BC aceitou propostas das 10h44 às 10h54.

Apesar das ações da autoridade monetária, que também vendeu US$ 1 bilhão com compromisso de recompra em abril, a moeda permanece em alta ante o real. Às 12h05, o dólar comercial avançava 2,72%, a R$ 2,2230 na compra e R$ 2,2250 na venda. Na mínima até o momento, a divisa saiu a R$ 2,17 e, na máxima, a R$ 2,2620.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.