SÃO PAULO - O Banco Central (BC) realizou leilão de dólares no mercado à vista, com o objetivo de conter o avanço de preço da moeda estrangeira, que bateu R$ 2,50 na máxima do dia até o momento. A operação foi realizada pelo Departamento de Operações das Reservas Internacionais (Depin) das 15h30 às 15h40. A taxa de corte para a venda da moeda ficou em R$ 2,4755.

A atuação aconteceu pouco depois de a moeda mudar de direção e passar a registrar alta ante o real. A atuação não teve efeito imediato, e, há pouco, o dólar comercial era negociado a R$ 2,482 na compra e R$ 2,484 na venda, com alta de 0,20%. Já a moeda para janeiro subia 2,04%, para R$ 2,497, na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F).

A última operação desse tipo aconteceu na sexta-feira, quanto o BC teria vendido mais de US$ 1 bilhão no mercado à vista em três ofertas, duas pela manhã e uma à tarde.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.