Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Banco Central sinaliza mais altas dos juros para conter inflação

Rio de Janeiro, 31 jul (EFE).- O Banco Central (BC) ratificou sua intenção de elevar a taxa básica de juros como principal estratégia para frear a inflação que ameaça voltar a assustar, segundo um documento oficial divulgado hoje.

EFE |

O Comitê de Política Monetária (Copom) divulgou hoje a ata da reunião da semana passada, na qual elevou os juros em 0,75 ponto percentual, para 13% ao ano.

Esse ajuste foi o mais alto dos últimos anos e, segundo economistas e empresários, representa uma freada forte para uma economia que parecia crescer acima de sua própria capacidade para atender à demanda.

Na ata, o Copom expôs as razões que levaram à elevação dos juros e deixa claro que "se elevou a probabilidade" de generalização de pressões inflacionárias localizadas inicialmente em alguns segmentos da economia.

Quanto à meta de inflação, a oficial é de 4,5% com margem de tolerância de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Todas as análises públicas e privadas concordam em que a inflação fechará acima do teto da meta do Governo.

O Banco Central confirmou que atuará "vigorosamente" para garantir que a inflação volte ao centro da meta oficial em 2009.

O aquecimento da economia doméstica e possíveis restrições de crédito em alguns setores podem estar provocando transferências de aumentos de preços do setor atacadista para o público consumidor, admitiu o Copom.

A generalização das pressões dependerá das expectativas dos próprios agentes econômicos sobre a inflação, que "mostra elevação significativa nas últimas semanas".

"Nesse contexto, o Copom conduzirá suas ações de forma a assegurar que os ganhos obtidos no combate à inflação em anos recentes sejam permanentes", destaca a ata.

Além disso, o Copom diz que estará pronto para "ajustar a postura de política monetária" e evitar a consolidação de um cenário de "reajustes persistentes ou generalizados de preços". EFE ol/wr/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG